Relação Foto x Vídeo

Você sabe qual a relação foto x vídeo tem que ter? Não, então acompanhe.

O Vídeo

Um dos principais trabalhos de um evento é sem dúvida, a parte de foto e vídeo. Bem pelo menos são os 2 únicos que não acabam o serviço quando o evento acaba.

O vídeo bem feito faz com que todo o carinho, toda a emoção, toda a alegria da festa sejam eternizados. A recordação será eterna.

Quando se usa equipamento de primeira linha, a captação de imagens é sensacional e isso traz credibilidade ao que o espectador está vendo, isto faz a pessoa quase que entrar na tela da TV para participar da festa.

Em contra partida, a filmagem mau feita é algo simplesmente repugnante, dá vontade de chorar, mas não é de alegria.

clipstudio-noivos

A Foto

Hoje em dia, os fotógrafos de casamento acham que o simples fato de fornecer fotos as profissionais de outras áreas já serve de publicidade.

Eles não sabem e não se importam em fazer um marketing na fotografia. Todos e são todos mesmos, estão parados no tempo, não se empenharam em tentar se atualizar, se modernizar.

As fotos de eventos também mudaram muito, hoje quem tem uma câmera de primeira linha, também precisa de uma lente de ponta e aí, o negócio começa a ficar caro.

Vejo muitos profissionais do meio fazendo contratos com seus clientes na palavra. Muitos ainda acham que tempo do “fio de bigode”, aqueles contratos de boca, ainda é o que se faz no mercado de eventos sociais.

Puro e grande engano, a filmagem tem que ter um contrato, assim como o contrato de fotografia é importantíssimo.

clipstudio-contrato

Relação foto x vídeo

Sempre fui muito contra este papo de que quem faz foto tem que fazer vídeo, de quem faz vídeo tem que fazer foto. Igual ao mantra que muitos lançam no mercado, dizendo que o cliente tem que fazer tudo com uma só empresa, senão um atrapalha o outro.

Besteira, se a foto atrapalhar o vídeo ou vice e versa, quem sai prejudicado não é a foto e nem o vídeo, o maior prejudicado é o cliente.

É inimaginável que um profissional vá atrapalhar o outro só por atrapalhar, é uma propaganda invertida dele mesmo, é “queimar o filme” como se diz no jargão jornalístico.

O bom convívio entre os profissionais é fundamental para o sucesso do evento e da carreira de todos.

Estude seu cliente

Antes de se preocupar em querer abraçar o mundo, de querer ser o melhor da área, de ser o imbatível, coisa que nunca ninguém será, tente estudar seu cliente, veja quais são as dores do seu cliente, quais as necessidades dele, antes de tentar vender simplesmente seu serviço.

Fazendo isso, você irá começar a entender o mercado, começará a entender o que seu cliente.

clipstudio-casal-praia

E aí, aí é só trabalhar seu tipo de serviço e cumprir todas as promessas feitas a seu cliente, que você, com certeza, terá sucesso na sua jornada.

Gostaram? Então vamos colocar em prática isso e tudo mais que possa ajudar nossos clientes.