A Rússia está roubando pesquisas de vacinas para o coronavírus?

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Enquanto cientistas, médicos e pesquisadores de todo o mundo estão tentando encontrar a vacina para o coronavírus, os EUA, a Grã-Bretanha e o Canadá acusam a Rússia de tentar roubar sua pesquisa de vacina para obter dados sobre o coronavírus. Os três países afirmam que a Rússia está tentando roubar suas pesquisas por ataques cibernéticos contra organizações médicas e universidades. Ao mesmo tempo, o Kremlin negou esta alegação. O que mais desencadeou é que, além da América e da Grã-Bretanha, a Rússia também afirmou que sua vacina contra o coronavírus foi considerada eficaz no julgamento inicial.

O vírus matou mais de 593.776 pessoas e infectou mais de 13,9 milhões de pessoas até agora. Também prejudicou a economia global desde que o vírus surgiu no final do ano passado. As esperanças do mundo permaneceram em sua vacina. Aqui, o Brasil anunciou que havia atravessado dois milhões de casos confirmados.

Ataque cibernético para roubar dados relacionados à pesquisa de vacinas contra o coronavírus

Na quinta-feira, a mídia britânica informou que um julgamento na Universidade de Oxford produziu uma resposta positiva contra o vírus a partir de seu protótipo de vacina. Mas horas depois, o Centro Nacional de Segurança Cibernética da Grã-Bretanha, NCSC, disse que um grupo de hackers chamado APT29 tinha como alvo laboratórios britânicos que realizam pesquisas de vacinas contra o coronavírus para “roubar a valiosa propriedade intelectual”.

Pesquisa de Vacinas para Coronavírus

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

A agência afirmou que estava “quase certo, noventa e cinco por cento de certeza, que o APT29 faz parte dos serviços de inteligência russos” e que seus pesquisadores pretendiam “coletar informações sobre pesquisas de vacinas contra o coronavírus”. Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e o Canadá acusaram a Rússia em um comunicado conjunto de segurança.

Moscou negou qualquer envolvimento com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, dizendo: “A Rússia não tem nada a ver com esses esforços”. A controvérsia ocorreu quando a necessidade de uma vacina foi novamente delineada com o Brasil. Houve dois milhões de casos de coronavírus somente no Brasil. O número de mortes registradas no país é agora mais de 76.000.

Leia Também  Despesas adicionais na compra de uma casa

Ainda não se sabe onde esses ataques cibernéticos foram realizados, mas acredita-se que as instituições farmacêuticas e acadêmicas tenham sido alvo. Especula-se que esta declaração oficial possa aumentar as tensões no nível diplomático, que já se aprofundou entre a Grã-Bretanha e a Rússia. O ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Dominic Raab, disse que os responsáveis ​​por esses ataques terão que enfrentar as consequências.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br