Coronavírus: NÃO desinfecte alimentos com desinfetantes, risco oculto à saúde

Coronavírus: NÃO desinfecte alimentos com desinfetantes, risco oculto à saúde

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Saúde

Coronavírus: NÃO desinfecte alimentos com desinfetantes, risco oculto à saúde 9

Em 31 de dezembro de 2019, um novo tipo de pneumonia incomum foi observado na região de Wuhan, China. Oito dias depois, os médicos chineses e a Organização Mundial da Saúde relataram que este era, de fato, um vírus pertencente à família dos coronavírus, batizado algum tempo depois como COVID-19.

Desde as primeiras infecções na área do mercado de frutos do mar de Huanan, onde as primeiras pessoas infectadas trabalhavam, esse novo tipo de coronavírus se espalhou para mais de 150 países e territórios, matando um total de 7.529 pessoas dos 185.000 casos confirmados em 18 de de março de 2020. Governos e populações em todo o mundo estão lutando para preparar e mitigar a propagação da doença ao público em geral e aos grupos vulneráveis ​​dentro dela.

Ainda há muita pesquisa sendo conduzida no COVID-19. Ainda há muitas perguntas sem resposta, e muita desinformação está sendo contada em uma mistura de pânico e comunidades tentando descobrir o que fazer.

Houve alegações nas mídias sociais de que produtos como o Dettol podem matar o coronavírus – com alguns chegando ao ponto de dizer que a pandemia global era um esquema desse fabricante. Alguns outros, na tentativa de manter a segurança, preferem lavar frutas e legumes com esses tipos de produtos de limpeza.

Há muitas coisas que não sabemos, mas sabemos disso: o uso de Dettol, gel de lavar louça ou sabão em alimentos é desaconselhável e perigoso, e não terá efeito na luta contra o COVID-19. Não podemos enfatizar isso o suficiente.

Preparando os alimentos corretamente antes de comer

Especialistas suspeitam que a primeira transmissão do coronavírus de animais para humanos tenha sido respiratória. A maneira como o vírus se espalha é pela proximidade com outras pessoas infectadas, inalando o vírus transportado pelo ar ao seu redor e usando as mãos no rosto após tocar em superfícies infectadas. O COVID-19 não se espalha pelo consumo de alimentos.

Como resultado, o mais importante a ser lembrado é que você deve lavar as mãos antes de manusear os alimentos. Como o vírus não é transmitido por alimentos, a única maneira de contaminá-lo é se suas mãos entrarem em contato com o coronavírus e você tocar o alimento posteriormente. Mesmo nessa circunstância, se você comer alimentos que foram infectados pelo toque, é improvável que o COVID-19 consiga sair do sistema digestivo e se espalhar pelo corpo.

Pandemia global ou não, frutas e legumes sempre devem ser lavados em água corrente. Legumes, em particular, devem ser esfregados debaixo d’água dentro de uma tigela, por exemplo. A carne não deve ser lavada pois, ao cozinhar, ela mata as bactérias nocivas presentes. Essas são medidas de higiene padrão em relação aos alimentos que devem ser observadas o tempo todo.

Perigos do uso de desinfetantes e sabão para lavar alimentos

O problema com o uso de produtos como Dettol, gel de lavar louça ou sabão nos alimentos é que você não estará protegido contra o coronavírus e isso poderá prejudicar sua saúde, o que por sua vez poderá levar você ao hospital superlotado mais próximo. Dá uma falsa sensação de segurança e pode ter resultados adversos, como boca inchada, cólicas estomacais e, em casos extremos, vômitos.

Leia Também  Como fazer as melhores dicas de design de sites | Artigos
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

O sabão para lavar louça, em particular, é projetado para remover óleo, cera e graxas. Classificado como um líquido cáustico, é forte o suficiente para remover restos de comida dos pratos. Imagine o que isso pode fazer com o esôfago, intestino e estômago.

Os vegetais podem absorver os componentes químicos do sabão e, quando consumidos, esses componentes começarão a corroer e destruir as células do sistema digestivo. Após dias e semanas de ingestão desses produtos químicos prejudiciais, o corpo começará a mostrar sintomas de envenenamento e será necessária assistência médica.

A recuperação envolve o tratamento do estômago com carvão ativado, impedindo a absorção adicional de sabão, a ingestão de laxantes para lavar os restos, a realização de uma endoscopia para entender a extensão do dano e, em seguida, descobrir quais etapas precisam ser tomadas para uma recuperação completa. Em tempos de crise como este, os tempos de espera nos hospitais por esses procedimentos podem aumentar drasticamente à medida que a pandemia evolui, o que pode complicar ainda mais esse problema.

As principais dicas aqui são que o COVID-19 não se espalha pelos alimentos e lembre-se sempre de lavar as mãos antes de manusear os alimentos.

Em Dettol e COVID-19

Dettol é uma marca bem conhecida de desinfetantes com aumento da demanda desde que as medidas para conter o coronavírus começaram a ser implementadas. Se você ler a parte de trás do pacote, verá que ele alega neutralizar vários vírus, um deles sendo o “Coronavírus Humano”.

Isso foi verdade até que essa nova cepa da família dos coronavírus, COVID-19, foi encontrada.

Os produtos da Dettol foram testados com sucesso contra outras cepas de coronavírus, como SARS e MERS, mas desde que o COVID-19 ainda não foi lançado para testes comerciais, não há informações suficientes para confirmar isso. No entanto, os desinfetantes contêm etanol (álcool), que é relatado pelo CDC e pela OMS como um desinfetante forte o suficiente para superfícies e para a pele. Novamente, não deve ser usado em alimentos.

Leia Também  Despesas adicionais na compra de uma casa

Você pode ler um artigo de esclarecimento que a Dettol publicou em seu site aqui.

Coronavírus: NÃO desinfecte alimentos com desinfetantes, risco oculto à saúde 11

Conclusão

Muitas teorias estão sendo divulgadas on-line sobre vários problemas relacionados à pandemia global, e é importante realizar algumas pesquisas pessoais antes de tomar decisões. Devido ao pânico, desinformação e, às vezes, pessoas com boas intenções, mas más ciências, podem ser publicados conselhos on-line que acabarão sendo mais prejudiciais do que bons, potencialmente sobrecarregando os sistemas de serviços de saúde em todo o mundo com outros problemas de saúde, além dos casos de coronavírus.

No que diz respeito ao manuseio de alimentos no esforço COVID-19, sempre lave as mãos antes de tocar na comida. Não use desinfetantes, produtos para lavar louça ou sabão para lavar frutas e legumes, pois os resultados podem ser terríveis com o tempo. Desinfecte sempre as áreas tocadas com frequência pela casa. Continue seguindo estas regras simples e sempre verifique com as autoridades relevantes e seus canais de informação sobre novas práticas que precisam ser introduzidas. Não confie em novas informações com facilidade, principalmente se forem de fontes não confiáveis.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br